Biofaces Bring Nature Closer

      Irerê

      26 Nov 2022

      Irerê
      Dendrocygna viduata
      White-faced Whistling-Duck
      O irerê é uma ave anseriforme da família Anatidae. Também conhecido por paturi, marrecão ou cabeça-branca (Rio Grande do Sul), siriri, marreca-viúva, chega-e-vira, marreca-piadeira e na região de Pombal, Paraíba, é conhecida como marreca-viuvinha.
      Provavelmente nosso pato mais bem conhecido, seja pela sua beleza, pelo fato de se aproximar muito das áreas urbanas e pelo seu canto típico. É a sua vocalização que lhe empresta o nome irerê ou paturi, muito agudo e alto, lembrando o barulho de alguns apitos ou o som de brinquedos de borracha.
      Seu nome científico significa: do (grego) dendros = árvore; e cygna, cygnus = referente ao cisne; e do (latim) viduata, viduare, viduus = viúva, em luto, enlutada. ⇒ Cisne de luto que pousa nas árvores.
      A máscara branca na face contrastando com o pescoço negro e o bico chumbo torna esta espécie inconfundível. As penas frontais do início do pescoço são brancas, fazendo transição abrupta para um castanho-avermelhado que segue até o início do peito. Os flancos do corpo são finamente estriados em branco e preto. As coberteiras secundárias das asas também apresentam coloração castanho-avermelhado. As penas do dorso apresentam coloração marrom com bordas bege. A parte traseira do pescoço e a região que vai do peito até o crisso, incluindo o rabo, possui coloração preta. Quando em voo é possível ver as asas escuras. Os pés são de coloração cinza escuro. As aves jovens não possuem a máscara branca, que só será plena ao atingirem a fase adulta. Outra característica das aves jovens é a ausência do ventre preto e possuírem tonalização desbotada no restante do corpo.
      Assim como outros marrecos, alimenta-se basicamente de plantas submersas e gramíneas nas margens dos lagos, mas também come invertebrados aquáticos, pequenos peixes e girinos. No Rio grande do Sul tem grande afinidade por áreas de cultivo de arroz irrigado, onde se alimenta dos grãos deste cereal que ficam caídos na resteva.
      O ninho é construído no chão. A fêmea bota de 8 a 14 ovos, sendo que o macho pode ajudar a chocar. Ambos cuidam dos filhotes.
      É encontrado em quase qualquer corpo d'água ao longo de sua ampla distribuição, que vai da Argentina até a América Central, e curiosamente também ocorre na África Ocidental. Pode ser encontrado até mesmo em lagos poluídos. É mais ativo nos crepúsculos e à noite. Não é raro ouvir o piado desta ave à noite sobrevoando até mesmo grandes cidades em bandos. Chega a formar bandos de várias dezenas de indivíduos, principalmente durante as migrações sazonais que realiza no sul do país.
      Presente em todo o Brasil. Fora do Brasil também ocorre na África, em Madagascar e nas Ilhas Comores. WIKIAVES 2021. Disponível em: https://www.wikiaves.com.br/wi... Acesso em: 22 de nov. de 2021.

      Related Posts Fotos Vídeos Sons Mais do Usuário
        See more Posts
        • Views128
        • Likes8
        • Comments1
         Like
             
        Enlarge map
        Details
        Location  TERENOS-MS
        -20.4383001, -54.8652419
        Report Abuse Suggest Information
        Developed by dothCom
        Copyright © 2012 Biofaces. All images © their respective owners.